1248, por Captable
1248, por Captable
ūüü£ Agora vai?
0
0

ūüü£ Agora vai?

Enquanto fundo do Softbank volta a dar lucro, ex-Softbank pula pro Valor Capital. Mais: o valuation secreto da Loft, a falência da WeWork e o investimento em startup do Elon Musk.

1248
8 min
0
0
Email image

Edição 67

Enquanto fundo do Softbank volta a dar lucro, ex-Softbank pula pro Valor Capital.

Mais: o valuation secreto da Loft, a falência da WeWork e o investimento em startup do Elon Musk.

Lucro de volta ao Softbank?

Email image

Depois de perder US$ 39 bilh√Ķes (!) no √ļltimo ano fiscal, o Vision Fund do Softbank voltou a dar lucro. Foi a primeira vez ap√≥s cinco trimestres consecutivos que o principal fundo da gestora registrou retorno positivo no per√≠odo trimestral.¬†

Enquanto o Sotfbank amargou preju√≠zo de US$ 3,2 bilh√Ķes, o Vision Fund teve lucros de US$ 1,1 bilh√£o.

A grande respons√°vel pela virada √© a intelig√™ncia artificial: ap√≥s cinco trimestres de perdas, as avalia√ß√Ķes de startups com IA empurraram o fundo de volta para o azul.

Depois de perder ¬• 6,9 trilh√Ķes (US$ 48 bilh√Ķes) no Vision Fund nos √ļltimos dois anos fiscais, analistas j√° esperavam um lucro modesto no fundo para os tr√™s meses encerrados em junho.

A nova j√≥ia do Softbank se chama Arm Inc., empresa de chips do conglomerado que busca surfar uma onda de valoriza√ß√£o que atingiu a Nvidia e estrear no mercado com um IPO de US$ 30 a US$ 70 bilh√Ķes.

O empurr√£o na Nvidia e consequente valoriza√ß√£o da Arm se deu por conta da demanda por chips gerada por solu√ß√Ķes de intelig√™ncia artificial.

O valor da Nvidia Corp. ultrapassou o limite de US$ 1 trilh√£o este ano, enquanto o Nasdaq 100, um indicador de a√ß√Ķes de tecnologia, registrou seu melhor desempenho de janeiro a junho deste ano.

A designer de chips pretende levantar at√© US$ 10 bilh√Ķes na oferta, segundo fontes.

Caso alcance o limite máximo de sua meta de captação de recursos, a Arm seria a maior estreia tecnológica já registrada, depois da Alibaba Group Holding Ltd. e da Meta Platforms Inc.

O investimento do Vision Fund na Arm é uma das oportunidades que os investidores, através do Softbank, tem de comprar participação na empresa antes de sua listagem em uma bolsa de valores.

Al√©m da Arm, as participa√ß√Ķes p√ļblicas do fundo controverso do Softbank aumentaram cerca de US$ 1,1 bilh√£o no trimestre encerrado em junho. A DoorDash Inc. e a Grab Holdings Ltd. foram algumas das que mais se valorizaram, subindo 20% e 14%, respectivamente, durante o per√≠odo.¬†

Somente em julho, o portf√≥lio p√ļblico da unidade aumentou US$ 3,9 bilh√Ķes, puxados pela DoorDash, a Grab e a Didi Global Inc., da China, em alta.

Pulou do barco cedo demais?

Email image

Em meio √†s turbul√™ncias dos √ļltimos dois anos no Softbank, Paulo Passoni, um dos s√≥cios, deixou o fundo h√° um ano e meio. Agora, Passoni segue para outro rumo: a Valor Capital.

Paulo Passoni agora é sócio-diretor da Valor Capital, tradicional gestora de venture capital fundada pelo ex-embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Clifford Sobel.

Com 12 anos operando, a Valor Capital soma US$ 2 bilh√Ķes sob gest√£o e j√° investiu em mais de 100 startups. 21 delas j√° s√£o unic√≥rnios, como, por exemplo, Gympass, Olist e Stone.

Turbulência também foi sentida na gestora

Mas não é porque acertou tanto que a Valor Capital passou ilesa pelo momento turbulento do venture capital. No ano passado, a gestora vendeu parte do fundo II para a StepStone, em busca de gerar liquidez para uma parte do valor investido.

Na pr√°tica, US$ 320 milh√Ķes em participa√ß√£o foram vendidos por US$ 80 milh√Ķes. Entre as escolhidas para venda (pelo menos parcial) estavam Buser, Olist, Revelo e Gupy.

A Loft revelou o segredo

Email image

Nem unic√≥rnio escapa de down-round. Em meio √† miopia generalizada nas avalia√ß√Ķes de startups em 2020-2021, a Loft chegou a valer US$ 2,9 bilh√Ķes. Agora, a empresa revelou que recebeu novo investimento a um valuation de cerca de US$ 1,45 bilh√£o.

Esse valor n√£o √© fechado. O investimento recebido foi realizado atrav√©s de d√≠vida convers√≠vel, que ser√° transformada em a√ß√Ķes em uma pr√≥xima rodada de equity ou num IPO. Portanto, n√£o h√° um valuation definido, dependendo da precifica√ß√£o do pr√≥ximo evento de liquidez.

De qualquer forma a dívida conversível já estima um valuation que é a metade de dois anos atrás.

O investimento foi realizado pelo fundo √°rabe ADQ, o terceiro e mais novato fundo de capital soberano de Abu Dhabi - criado em 2018, tem cerca de US$ 110 bilh√Ķes em ativos.

De acordo com a Loft, o investimento complementa um aporte realizado por fundadores e acionistas da companhia, somando US$ 100 milh√Ķes.¬†

Mate Pencz, fundador e CEO da Loft afirma: ‚Äúestamos mais fortes no caminho de atingir o breakeven at√© o final deste ano, confiantes de que o nosso neg√≥cio se beneficiar√° da expertise operacional deste grupo de investidores, enriquecido ainda mais a partir de hoje‚ÄĚ.

O polêmico down-round

Um down round é quando uma startup levanta uma nova rodada de financiamento via venture capital e o valuation pre-money da empresa é menor que o valuation post-money da rodada anterior.

Ou seja: a startup agora vale menos do que foi avaliada na rodada anterior após o investimento. Mas isso não é o fim do mundo.

Se estiv√©ssemos em um cen√°rio de economia forte, um down-round poderia significar que o crescimento da startup est√° ficando mais lento ‚Ästo que pode gerar mais desconfian√ßa sobre a viabilidade do neg√≥cio.

No cen√°rio econ√īmico atual, ap√≥s um per√≠odo de altas vertiginosas nas avalia√ß√Ķes de startups, ter um down-round √© completamente normal. O mercado continua a se ajustar e at√© mesmo a percep√ß√£o sobre os down rounds est√° mudando.

Ser honesto e n√£o tentar esconder o down round da m√≠dia demonstra for√ßa e honestidade por parte da startup, esse foi o caso da Loft. √Č melhor admitir do que ver o valuation vazado e criar desconforto com outros investidores.

Segundo relat√≥rio da Carta, quase 20% de todas as rodadas do segundo trimestre foram down rounds, a segunda maior porcentagem para um trimestre nos √ļltimos 5 anos.

Na América Latina, segundo estudo da McKinsey, houve uma redução de 30% no valor nos portfólios de fundos de capital de risco para empresas da América Latina no ano passado e 33% das startups tiveram um down round.

Elon Musk capta US$ 280 milh√Ķes ‚Äď mas n√£o √© pro (Twitter) X

Email image

O Twitter (X, para os íntimos) não está inspirando muita confiança, mas uma outra startup de Elon Musk está fazendo sucesso.

A Neuralink, de chips cerebrais, levantou US$ 280 milh√Ķes em uma s√©rie D liderada pelo Founders Fund, do empres√°rio Peter Thiel.

O investimento chega meses depois de ter aprovação para realizar o primeiro teste clínico em humanos.

A startup n√£o revela o valuation atual, mas em junho a Reuters reportou que a Neuralink estava avaliada em cerca de US$ 5 bilh√Ķes. Com o novo aporte, a startup criada em 2017 acumula mais de US$ 640 milh√Ķes em investimentos.

Como habitual, as empresas de Elon Musk não conseguem ficar muito distantes das controvérsias. Para a Neuralink, a suposta pressão de Elon Musk para acelerar pesquisas teria feito a empresa causar mais mortes de animais do que o necessário. 

A estimativa é de que cerca de 1.500 animais, entre eles ovelhas, porcos, macacos e camundongos, já morreram nos laboratórios da companhia. Esperamos que com os testes em humanos os problemas tenham sido resolvidos…

Will it work?

Email image

A WeWork avisou ao mercado: a fal√™ncia pode estar pr√≥xima. Em documento encaminhado √† SEC (Securities and Exchange Commission), uma esp√©cie de CVM americana, a empresa alegou que teve preju√≠zo de US$ 700 milh√Ķes no primeiro semestre de 2023.

Isso depois de encarar mais de US$ 10,7 bilh√Ķes em preju√≠zo nos tr√™s anos anteriores.

O recado é claro: há risco de falência.

‚ÄúNossas perdas e fluxos de caixa negativos das atividades operacionais levantam d√ļvidas substanciais sobre nossa capacidade de continuar operando‚ÄĚ, disse a WeWork no documento.

Caso a situa√ß√£o n√£o melhore, a WeWork j√° deixou claro no documento que pode empregar op√ß√Ķes como a venda de ativos, redu√ß√£o das atividades comerciais e, por √ļltimo, ter algum "al√≠vio sob o c√≥digo de fal√™ncias dos EUA".¬†

As a√ß√Ķes v√™m sendo negociadas abaixo de US$ 1 h√° meses e, na ter√ßa-feira, fecharam a cerca de US$ 0,21 ‚Äď na quarta-feira, ca√≠ram mais de 30% e chegaram a ser negociadas por US$ 0,13.

A empresa de espa√ßo de coworking chegou a ser avaliada em US$ 47 bilh√Ķes, impulsionada por um fundador ‚Äď Adam Neumann ‚Äď que criou uma aura de que o neg√≥cio seria a pr√≥xima grande novidade.¬†

A realidade é que as margens apertadas e dependência de estruturas físicas, aliadas a uma pandemia que esvaziou os escritórios, fizeram com que o negócio tropeçasse violentamente.

Em 2019 Adam Neumann renunciou sua posição de CEO e em 2021 a empresa realizou seu IPO. Desde a saída dele, a companhia não formalizou um executivo para a posição de CEO.

Ser√° que a companhia conseguir√° sobreviver e sair dessa?

Compartilhar conte√ļdo

Informativa, inteligente, exponencial.

Selecionamos as principais notícias do mercado. Trazemos editoriais, análises, entrevistas e materiais educativos. Fazemos você embarcar nesse ecossistema que pode te trazer retornos inimagináveis.

O nosso e-mail chega na sua caixa de entrada toda sexta-feira, às 12h48.