O Telegram perdeu?
1
0

O Telegram perdeu?

Bruno Garschagen
3 min
1
0
Email image

Há dois dias, os representantes do Telegram enviaram uma mensagem para os seus usuários criticando o PL da Censura (PL 2630/2020) e alertaram que o Brasil encontra-se na iminência de aprovar um projeto de lei que ameaça a liberdade de expressão e que conferirá ao governo o poder de censurar conteúdo na internet sem a necessidade de decisão judicial prévia. Também afirmaram e que a medida representará um ataque à democracia no país.

Ontem, com a incrível marca de ninguém surpreendido, o ministro do STF, Alexandre de Moraes, ameaçou suspender o Telegram, obrigou o aplicativo a apagar o texto contra o PL da Censura e enviar pelo aplicativo uma nota constrangedora dizendo que havia disseminado “FLAGRANTE e ILÍCITA DESINFORMAÇÃO atentatória ao Congresso Nacional, ao Poder Judiciário, ao Estado de Direito e à Democracia Brasileira, pois, fraudulentamente, distorceu a discussão e os debates sobre a regulação dos provedores de redes sociais e de serviços de mensageria privada (PL 2630), na tentativa de induzir e instigar os usuários à coagir os parlamentares."


Only SubscribersTo access all content, you must subscribe to the BrunoGarschagen channel. You can also become a subscriber and have access to exclusive content.
This channel is committed not to send spam and to respect the LGPD. Cancel whenever you want.