PortalBI.net
PortalBI.net
Como fazer um planejamento estratégico empresarial com base em dados?
1
0

Como fazer um planejamento estratégico empresarial com base em dados?

Descubra como os dados podem ser fundamentais para o sucesso de uma organização

Felipe Rodrigues
6 min
1
0
Descubra como utilizar dados para criar um planejamento estratégico empresarial eficaz.
Descubra como utilizar dados para criar um planejamento estratégico empresarial eficaz.

Um planejamento estratégico empresarial eficiente é essencial para o sucesso de qualquer organização. No entanto, para garantir que esse processo seja realmente eficaz, é fundamental que ele seja baseado em dados, que forneçam uma visão clara do ambiente e uma base sólida para a tomada de decisões. 

Neste artigo, vamos explorar diferentes etapas e técnicas para realizar um planejamento estratégico empresarial com base em dados, bem como o uso de ferramentas como o Power BI para auxiliar nesse processo.

Como fazer um planejamento estratégico empresarial?

O primeiro passo para realizar um planejamento estratégico empresarial é definir a visão e missão da organização. Esses elementos são essenciais para orientar todas as decisões estratégicas futuras. 

Além disso, é importante analisar e compreender o ambiente externo e interno em que a empresa opera. Isso inclui estudar o mercado, identificar oportunidades e ameaças, bem como avaliar os recursos e capacidades internas da organização.

Com base nessa análise, é possível identificar os objetivos estratégicos que a empresa deseja alcançar e com essas informações, é necessário estabelecer metas e indicadores para acompanhar o progresso e o desempenho da empresa. 

Essas metas e indicadores são conhecidos como KPIs (Key Performance Indicators) e são essenciais para monitorar se as estratégias estão sendo eficazes e se os objetivos estão sendo alcançados. A definição de metas SMART (Specific, Measurable, Achievable, Relevant, Time-bound) pode ajudar a garantir que as metas sejam claras e alcançáveis.

Ainda, é importante envolver os colaboradores e equipes responsáveis na elaboração do planejamento estratégico. Isso promove o alinhamento dos objetivos e a criação de um senso de propósito compartilhado. Durante esse processo, os dados podem ser utilizados para fundamentar a tomada de decisões, tornando as discussões mais objetivas e embasadas em fatos.

É importante revisar e atualizar o planejamento estratégico regularmente. O ambiente de negócios está em constante mudança e, portanto, é essencial adaptar as estratégias e táticas conforme necessário. Isso requer uma análise contínua do mercado, concorrência e das próprias capacidades da empresa.

Uso de Power BI para planejamento estratégico

O Power BI é uma poderosa ferramenta de análise de dados que permite coletar, visualizar e interpretar informações de forma intuitiva e eficiente. Ele oferece recursos de business intelligence que podem facilitar o planejamento estratégico empresarial com base em dados.

Com o Power BI, é possível conectar diferentes fontes de dados e criar painéis interativos que fornecem insights em tempo real sobre o desempenho da empresa. Isso permite acompanhar de perto os indicadores-chave de desempenho (KPIs) e identificar rapidamente áreas de melhoria ou mudanças nos padrões.

Além disso, o Power BI oferece recursos avançados de visualização de dados, como gráficos e mapas interativos, que tornam mais fácil a compreensão e interpretação das informações. Com essas funcionalidades, é possível criar relatórios dinâmicos e personalizados que auxiliam na tomada de decisões estratégicas.

O Power BI também possui integração com outras ferramentas da Microsoft, como o Excel e o Azure, o que amplia ainda mais suas capacidades analíticas. Essa integração permite a criação de fluxos de trabalho automatizados e a combinação de dados de diferentes fontes de forma simplificada, proporcionando uma visão abrangente e integrada do negócio.

Outro ponto forte do Power BI é a sua capacidade de compartilhamento de relatórios e dashboards de forma segura e colaborativa. Os usuários podem acessar as informações em tempo real, colaborar na análise dos dados e tomar decisões em conjunto, promovendo uma cultura de transparência e colaboração dentro da organização.
Ações como estas, são possíveis através do licenciamento por usuário disponibilizado pela Microsoft ou através de desenvolvimento em licenças específicas disponíveis no Azure. 

Nesta situação, podemos nos deparar com alguns desafios, sendo eles: os custos de cada licença que, atualmente, são convertidos a partir da cotação do dólar; os custos de alocação de time específico e tempo para desenvolvimento, se este for o caso; limitações de acesso para usuários externos (investidores, clientes, fornecedores), como a necessidade de utilizar um e-mail com o domínio da empresa fornecedora do relatório.

Por isso, o Portal BI auxilia empresas a compartilhar relatórios com uma redução de custo com segurança e conformidade, simplificando a gestão de relatórios e acessos, para que empresas possam usufruir de todo o potencial da análise de dados.

Compreendendo a importância dos dados no planejamento estratégico

No ambiente de negócios altamente competitivo e volátil de hoje, confiar na tomada de decisões orientada por dados não é mais opcional - é essencial.
Empresas que deixam de aproveitar os dados em seu processo de planejamento estratégico podem se encontrar em desvantagem, incapazes de se adaptar às condições de mercado em constante mudança ou de tomar boas decisões.

Os dados podem ajudar as empresas a identificar padrões, tendências e correlações que podem não ser imediatamente aparentes. Eles podem destacar áreas de ineficiência, possíveis economias de custo ou lacunas de mercado que podem ser capitalizadas. 

Ao incorporar dados no planejamento estratégico, as empresas podem minimizar riscos, otimizar recursos e identificar novas oportunidades de crescimento.

Além disso, a tomada de decisões orientada por dados permite que as empresas personalizem suas estratégias de marketing e melhorem as experiências dos clientes.

Ao analisar os dados do cliente, as empresas podem adaptar seus produtos ou serviços para atender a necessidades e preferências específicas, aumentando assim a satisfação e a fidelidade. Essa abordagem personalizada também pode levar a taxas de conversão mais altas e a uma melhor retenção de clientes.

Os dados também podem desempenhar um papel significativo em previsões e análises preditivas. Ao utilizar dados históricos e análises avançadas, as empresas podem prever tendências futuras, antecipar mudanças de mercado e ajustar suas estratégias de forma proativa. Essa abordagem proativa pode proporcionar às empresas uma vantagem competitiva e ajudá-las a permanecer à frente da curva em um mercado de rápida evolução.

__________________________________

Em síntese, a implementação de um planejamento estratégico guiado por dados é de vital importância para o sucesso de uma organização. Esse enfoque possibilita uma tomada de decisões mais robusta, fundamentada em evidências concretas, resultando na minimização de riscos e na otimização da capitalização de oportunidades.

A utilização de ferramentas como o Power BI pode simplificar significativamente esse processo, proporcionando segurança nas análises e apresentando dados de maneira intuitiva e eficaz. Desse modo, é fundamental integrar a análise de dados ao seu planejamento estratégico, aproveitando os benefícios de uma abordagem decisória embasada em fatos e insights sólidos. 

Essa abordagem não apenas fortalece a fundamentação das decisões, mas também contribui para uma gestão mais eficiente e voltada para resultados. Portanto, não subestime o papel crucial dos dados na orientação estratégica de sua organização.