Loading...Loading...
14

O que você DEVE SABER ANTES de abrir a própria AGÊNCIA

By Rodrigo Maciel

Last update 5 days ago5 Min.

O que vou lhe contar agora é um pouco da minha experiência quando, lá em 1998, decidi começar um negócio chamado: PRODUTORA DE SITES.
Era um mundo completamente maluco, você não pode imaginar. Tínhamos todas as dúvidas possíveis e naquela época sim íamos na base do acerto e erro. Aliás, mais erro do que acerto  😢. Durante todo esse tempo pude descobrir o quanto aquele negócio era próspero, mas mesmo assim, que ele precisaria de mais informações e profissionalismo para seguir em frente!
Hoje, ao olhar para trás, consigo ter mais clareza sobre tudo que eu passei e o quanto aqueles aprendizados foram importantes para me tornar quem eu sou hoje, de fato.
Todo o meu aprendizado como acelerador de agência digital veio desses altos e baixos promovidos pela ignorância da falta total de conhecimento sobre como gerir um negócio.
Pensando nisso, quero compartilhar contigo 6 aprendizados que todo dono de agência digital precisa ter para evitar de cometer esses erros bobos e possa, com isso, ter resultados muito mais expressivos e rápidos.
Vamos lá!

1) DINHEIRO NÃO É TUDO

Quando começamos é muito tentador vender de tudo para conseguir grana rápida. É inevitável procurar por lacunas disponíveis no mercado para ter serviços que os clientes queiram comprar. Mas e o seu foco? E o objetivo da sua agência em tornar-se reconhecida em determinados serviços? Como fica o seu objetivo de trabalhar em determinado nicho?
Foi pensando nisso que desde o dia zero nós nos especializamos apenas em SER UMA PRODUTORA DE SITES, ou seja, nós fazíamos apenas sites. Em nenhum momento fizemos para nossos clientes folder, cartão de visita ou propaganda em rádio.
Esse reconhecimento que pode parecer mais dolorido no começo, nos colocou num patamar de excelência e destaque no mercado da região.
Por isso é importante pensar bem se vale tudo para ter grana logo no começo!

2) FOCO NAS ENTREGAS

Todo começo é difícil, mas mais difícil ainda é quando não somos reconhecidos ou referendados no mercado pela qualidade dos nossos entregáveis. Por isso, no começo da minha jornada em sempre foquei (e muito) em como as minhas entregas estavam de fato fazendo a diferença para o cliente.
Não deixe de lado a sua qualidade. Mesmo com medo ou achando que você não é capaz, não deixe isso transparecer para o cliente e o seu melhor, sempre! É isso que te colocará em posição de destaque perante os seus concorrentes.

3) CUIDE DOS NÚMEROS

E tão importante quanto entregar bem é saber de fato se o que estamos entregando está gerando riqueza para a nossa empresa. Ter uma precificarão justa e correta vai nos garantir resultados reais e irão gerar o tão sonhado e desejado LUCRO.
Outro ponto importante que eu não vejo motivo alguma para ainda existir (mesmo em 2021) é misturar as contas de PJ com PF. Isso é tão amador, mas tão amador que te coloca, já, desde o dia zero com alguns vários passos atrás de seus concorrentes.
(deixe um Ping aí se vc quer que eu aborde um tema sobre precificação)

4) INDICAÇÃO DE CLIENTE NÃO VALE DESCONTO

Outro aprendizado que levei tempo para entender foi o de que indicação de cliente não pode valer desconto (pelo menos as indicações da boca para fora ou indicações que ainda não foram validadas pelo comercial.
Por que uma coisa é a indicação outra coisa é o cliente querer de fato.
Por isso, na hora da negociação, cuidado para não cair nessa armadilha, hein! A minha dica é aceitar a indicação e dizer para o cliente que dará o desconto nas parcelas ou fará troca por serviços futuros.

5) O COMERCIAL É O CORAÇÃO DA AGÊNCIA 

Aliás, não só da agência mas como de qualquer empresa.
Durante muito tempo da produtora de sites eu entendi que não podia jamais deixar as vendas de lado, pois, o meu faturamento dependia dela. Eu precisava estar sempre vendendo pois naquela época o faturamento recorrente ainda não era tão utilizado.
Imagina então para bater a meta de R$500 a R$1milhão de reais de faturamento anual, quantas vendas precisam ser realizadas?
Muitas!
Eu cheguei a ter 3 vendedores (comigo éramos 4). 

6) FAZER O DEVER DE CASA

Deixa eu te dizer uma coisa, mesmo no começo da jornada eu jamais deixei de lado o meu cuidado com a imagem da minha agência. Eu sempre soube que eu precisaria deixar ela o mais profissional possível.
O prazo máximo para manter um mesmo site era de 2 anos. Aqui no site Archive.org você pode visualizar todas as mudanças realizadas e constatar que era assim mesmo!
E olha que na minha época não tínhamos a poderosa parceria das redes sociais, hein! Por isso o site tinha tanto protagonismo assim.
Não importante qual seja o seu formato de agência, você precisa fazer o dever de casa e manter seu site e redes sociais sempre atualizados.
Espero que você tenha curtido essas 6 dicas e possa colocar em prática agora mesmo aí na sua agência. Você pode me encontrar no