Gabriel Ishida
Gabriel Ishida
#219 The Future 2024
0
0

#219 The Future 2024

Os meus destaques do estudo mais tradicional de tendências do mercado.

Gabriel Ishida
4 min
0
0

 ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏ ‌​‍‎‏

#TBT é a edição #175 com os destaques da última edição The Future 100 2023.

Email image

Inicia o ano e temos mais uma edição da tradicional pesquisa da VML (antiga JWT Intelligence). O estudo The Future 100 lista as 100 tendências para 2024, divididas em 10 categorias. E, como sempre, irei destacar os que achei mais interessantes para marketing e comunicação.

Email image

Aparelhos gestuais

Nessa semana, tivemos o lançamento do Vision Pro da Apple que é um dos principais exemplos dessa tendência de "hands-free", ou seja, aparelhos que deixam as mãos livres para controlar ações em realidades virtuais ou aumentadas.

Para a VML, esse tipo de tecnologia irá tornar mais inclusivo o uso de aparelhos para o trabalho ou vida pessoal.

Aromas digitalizados

Já há empresas investindo em tecnologia e inteligência artificial para produzir aromas e odores, o que pode ser a próxima fronteira a ser cruzada para uma experiência imersiva no digital.

Meu comentário: imagina um anúncio do McDonalds no ambiente digital com o cheiro de lanche típico deles?

Tecnologias de tradução simultânea

Com a inteligência artificial avançando a passos largos, já há diversas soluções buscando aprimorar tanto a Voz para Texto (ou seja, criar legendas automatizadas no idioma desejado) quanto Texto para Texto. O próprio Spotify está investindo em tradução automática para seus podcasts originais, o que vai ampliar a fronteira de seu conteúdo.

Meu comentário: se antes o inglês já destravava diversas barreiras para o conteúdo de um influenciador digital, agora nem isso vai limitar mais.

Força de trabalho em Inteligência Artificial

Já existem diversos cargos que envolvem desde engenharia de dados para potencializar a inteligência artificial até especialistas em prompt para IA generativa. Uma pesquisa da WEF mostra que serão criados mais de 69 milhões de empregos envolvendo IA nos próximos 5 anos.

Meu comentário: saiu um artigo bem interessante no Meio & Mensagem sobre os novos profissionais de IA e basicamente não teremos nossos empregos substituídos, mas poderemos ser substituídos por profissionais que saibam usar a IA para ganhar eficiência e produtividade.

Fanspiration

As marcas estão adotando as tendências criadas por fãs ou influenciadores digitais para criar produtos e serviços. Um exemplo é esse menu abaixo do McDonalds nos EUA, onde os lanches são criações de virais de fãs nas redes sociais.

Email image

Creator to Consumer (C2C)

Além de termos o B2C (Business to Consumer) e o B2B (Business to Business), agora teremos também o C2C, onde o influenciador digital vende seus próprios produtos ou é um intermediário de uma marca.

Já há diversas plataformas que oferecem uma loja whitelabel para o influenciador vender produtos de marcas em troca de comissão na venda. A própria Amazon já possui um programa de associados que remunera os criadores de conteúdo.

Lojas metaversais

As lojas virtuais presentes em games, realidades virtuais ou metaverso oferecem produtos físicos junto com produtos virtuais. Então, será possível comprar um tênis físico da Nike em sua loja virtual no Fortnite, por exemplo.

Meu comentário: até que chegou tarde essa prática. Assim como é possível comprar produtos digitais em lojas físicas, o contrário deveria também ser comum.

Para acessar a pesquisa inteira gratuitamente (em inglês), clique aqui.


NOVIDADE DA SEMANA

Threads ganha um pico de downloads em dezembro de 2023

Email image

Segundo a consultoria Appfigures, em dezembro de 2023 a plataforma teve 12 milhões de novos downloads na App Store e 16 milhões no Google Play, ficando em sexto lugar no ranking de mais instalações e com 160 milhões de usuários.

Essa reviravolta pode ter sido impulsionada pelos anúncios da Meta no Facebook, mostrando posts virais do Threads. Além disso, o Instagram ultrapassou o TikTok como aplicativo mais baixado em dezembro, com 54 milhões de instalações.

Vi no The Brief.