Loading...Loading...
63

As notícias mais importantes (14/10/2021)

By Guga Noblat

Last update 4 days ago4 Min.

Ciro Gomes rasga pacto de não agressão com o PT; Bolsonaro usa Alcolumbre de trampolim para agradar militância; Silas Malafia prega contra ministros do governo.  Hora de 12 noticias curtinhas para começar a quinta-feira.
1 - A trégua com o PT anunciada semanas atrás foi para o saco. Ciro Gomes, em entrevista ao Estadão, metralhou Dilma e Lula, mas para muita gente acertou o próprio pé. Ele tenta se firmar como terceira via e sonha com votos dos antipetistas.
2 - De Ciro Gomes: "Eu atuei contra o impeachment e quem fez o golpe foi o Senado Federal. Quem presidiu o Senado? Renan Calheiros. Quem liderou o MDB nessa investida? O Eunício Oliveira. Com quem o Lula está hoje?... Hoje eu estou seguro que o Lula conspirou pelo impeachment da Dilma, estou seguro".
3 - De Dilma Rousseff: "Só Ciro Gomes é competente. Este é o pecado de sua enorme presunção. Esta é a sua visão quando se trata de avaliar o resto da humanidade. Mas quando se trata de mulher, sua visão não é só inadequada, é também profundamente misógina".
4 - Alexandre de Moraes, do STF, mantém prisão de Roberto Jefferson após alta hospitalar: “Diante do exposto, comprovada a efetiva alta hospitalar, determino o imediato retorno de Roberto Jefferson Monteiro Francisco à unidade prisional em que se encontrava custodiado”. Ele está preso por ameaças ao Supremo e passou dias no hospital para um cateterismo.
5 - Hamilton Mourão bem que tentou indicar o desembargador Carlos Eduardo Thompson Flores para a vaga em aberto no STF, mas Bolsonaro preferiu nomear o ex-advogado-geral da União, André Mendonça.
6 - Bolsonaro volta a bater em Davi Alcolumbre, presidente da CCJ no Senado e responsável por sabatinar André Mendonça para que ele possa ocupar vaga no STF: "Eu ainda aguardo a sabatina do André Mendonça no Senado Federal. Ele age fora das quatro linhas da Constituição".
7 - Alcolumbre se defende e diz que não aceitará “ameaças”: “Jamais condicionei ou subordinei o exercício do mandato a qualquer troca de favores políticos com quem quer que seja. É importante esclarecer que a Constituição estabelece a nomeação do Ministro do Supremo Tribunal Federal não como ato unilateral e impositivo do Chefe do Executivo, mas como um ato complexo, com a participação efetiva e necessária do Senado Federal.”
8 - Silas Malafaia, o pastor cotado para ser vice de Bolsonaro ano que vem, atacou ministros do Bolsonaro, são eles: Flávia Arruda, Fábio Faria e Ciro Nogueira. Os acusou de conspirarem contra a nomeação de André Mendonça. Flávia e Fábio chegaram a ligar em Malafaia para negar a conspiração, mas ouviram dele que deveriam fazer uma declaração publica, o que ainda não aconteceu.
9 - A Petrobras defendeu na Câmara os preços de combustíveis baseados no valor do barril de petróleo no mercado internacional, ou seja, atrelado ao dólar. Líderes caminhoneiros não gostaram do que ouviram e poderão entrar em greve após reunião marcada para o dia 16 no RJ.
10 - Bolsonaro não vai se vacinar. No dia que Brasil chegou a 100 milhões de vacinados, o presidente voltou a se colocar contra os imunizantes. A desculpa é o fato de ter se contaminado, o que o levou a gerar anticorpos. A medicina recomenda tomar vacina mesmo assim.
11 - Senadoras querem pensão para órfãos da covid em relatório da CPI da Pandemia. 160 mil adolescentes e crianças até 17 anos que perderam pai e/ou mãe por conta da Covid. Cerca de 12.211 delas têm até seis anos.
12 - Anvisa muda chefe contrária antes de decidir se libera cigarro eletrônico. Funcionária que desde 2018 comandava área responsável por analisar produtos desse tipo e que já tinha recusado a liberação do cigarro eletrônico acabou substituída por outro funcionário que sequer é da Anvisa e não tem conhecimento técnico.
Tem alguma sugestão de tema: Me mande no direct do Instagram:@guganoblat ou na DM do Twitter: @guganoblat.
Inscreva-se no canal aqui na Pingback. Você receberá um aviso no seu e-mail sempre que tiver texto novo.
Se quiser, faça uma doação, no valor que for melhor para você, ou uma assinatura (mensal ou anual) para ajudar na produção do canal.